Depois do presidente da Warner acalmar um pouco os ânimos das discussões dizendo que não pretende (nada foi resolvido ainda) cancelar Fringe nessa temporada, a série volta hoje do hiatus.
Fringe está na minha lista “Top Five Series of All Times”, gosto dela desde o começo, e apesar de alguns episódios cansativos e difíceis de engolir, sempre fui fascinado por esse tipo de ciência absurda, como já disse antes.
Uma das características mais interessantes da série, na minha opinião, é a abertura, que muda de acordo com o desenrolar da história. Até agora, ela já teve quatro versões.

ABERTURA TRADICIONAL
Utilizada na maioria dos episódios, e quando a trama alternava entre um universo e outro, esta abertura indicava que o episódio em questão se passaria inteiramente no nosso universo

ABERTURA RETRÔ
Utilizada em um episódio de flashback que foi importante para o desenvolvimento da história

ABERTURA VERMELHA
Utilizada em episódios que se passavam exclusivamente no Universo Paralelo

ABERTURA AMARELA
Utilizada na quarta temporada, para simbolizar a união dos universos

Anúncios

Sobre Angelo Mota

Angelo Mota. Jornalista por formação. Nerd, gamer. Gosta de ler e escrever. Viciado em jogos, filmes e séries. Apreciados sem moderação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s