Aqui no Brasil, quando você fala que alguma coisa é “de quinta”, você está dizendo que é ruim, de péssima qualidade, é um trocadilho amplamente utilizado.

Quando o assunto é o dia de exibição das séries, ser “de quinta” significa ter a melhor data de exibição da semana.

Quinta-feira, nos Estados Unidos, é o dia em que os canais reservam para exibir as séries que são seus principais trunfos de audiência.

A ABC, às quiantas-feiras, exibe seu carro chefe, Grey’s Anatomy. A série, que foi criada como um tapa buraco e teve sua primeira temporada com apenas 9 episódios, acabou se tornando –  logo no primeiro ano – um absurdo sucesso de audiência, e assume desde então (há oito anos) o primeiro lugar de audiência do canal. É uma pena que a qualidade da série decaiu tanto do meio da sétima temporada pra cá, e, ao que parece, não sabendo a hora de parar, darão uma vida longa pra série, e ela vai acabar se transformando em uma espécia de ER2, chegando à 15ª temporada com um elenco que não lembrará nem de perto a turminha inicial da série. Two down…three to go.

O episódio de hoje promete abalar as estruturas de uma temporada que vem se arrastando em longos e entediantes histórias. Mas o meu maior medo é que este episódio seja apenas um, perdido no meio da temporada inteira, e o ritmo volte a ficar lento até morrer em um season finale que dê sono (season seven feelings).

Private Practice também está no prime-time de quinta, apesar de não merecer mais. Durante a segunda (e principalmente a terceira) temporada, Private teve momentos em que eu podia dizer “se Grey’s Anatgomy acabar hoje, Taí um bom substituto”. Hoje eu quero mais que as duas terminem enquanto ainda têm dignidade.

Já o canal CW aposta todas as suas fichas de quinta-feira em duas séries que estão conquistando o público.

The Vampire Diaries já marcou seu terreno. Está na terceira temporada e vêm aprimorando sua trama a cada episódio, trazendo muita intensidade, muito sangue e muita sensualidade ao mundo dos vampiros. Afinal, é assim que tem que ser.

The Secret Circle, que conta com o mesmo roteirista (Kevin Williamson, da série Pânico e Dawson’s Creek), e é baseado em livros da mesma escritora (L. J. Smith), aborda o mundo de jovens bruxos descobrindo seus poderes. Vampire Diaries tem Vampiros, Bruxas, Lobisomens, Fantasmas…Secret Circle por enquanto só tem Bruxas e Demônios…por enquanto. Um Crossover não pode ser descartado, e não ficaria estranho.

E a FOX…ah, a FOX passa Bones de quinta…esquece.

Anúncios

Sobre Angelo Mota

Angelo Mota. Jornalista por formação. Nerd, gamer. Gosta de ler e escrever. Viciado em jogos, filmes e séries. Apreciados sem moderação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s